quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Vai Saber?

Talvez eu nunca tenha feito parte, nunca tenha assumido fazer, ou todos os sentimentos em mim tenham explodido quando não mais adiantou explodir. Ou não; Vai Saber? Não há entendimento, não há paciência, não há! Mas tem que haver. Tudo ficou diferente, e está. Os sentimentos e tantas outras coisas tomaram proporções absurdas; a saudade, as dores, os dramas, as cores, as flores, o que dirá dos amores. Da paixão é melhor nem falar, a deixemos quieta, esperando o tempo fazer passar. E passe logo, tempo, passe! Mas, que tempo é esse, que tudo pára quando os corpos se encontram, os olhos ardem de desejo, e acontece, então, um abraço de almas, dois que se tornam um, por instantes de puro prazer, uma vontade de querer viver aquele momento, e se render. Mesmo que depois nada mais venha a acontecer, ali havia sentimento, tesão, emoção.. havia eu e você, havíamos nós, em busca de desatar alguns nós, de nos mantermos firmes, mesmo em meio a fragilidade do sentir, ou não sentir. E, com isso, algumas respostas surgem, a tranqüilidade toma conta, tudo bem, nem tudo tão tranqüilo assim, mas o arrependimento passa longe, a ilusão não se faz presente, a dor não se manifesta. A vida continua, os dias seguem, e permaneceremos em busca de ideais distintos, sentimentos contrários.. Mas seguiremos assim, na certeza de que tudo já não é tão certo e de futuro nunca se soube nada. Vai saber?

Segue Marisa Monte, na vitrola dos meus dias, especialmente apresentada a mim, por quem, talvez, me entenda e se faz presente, né, Didica? rs.. e assim sigamos, sem muito saber, com tanto querer.

video

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Reviravolta

Quarto bagunçado,

mente mais bagunçada ainda.

Vida que revira, e volta.

Voltas que o mundo não para de dar.

Dor que é preciso encarar,

na certeza de que tudo vai passar..

domingo, 26 de setembro de 2010

Meu aniversário de Mercúrio





"Ana, você está vivendo o seu aniversário de Mercúrio! Esta é uma fase de valor singular, pois é quando o planeta Mercúrio completa um ciclo revolutivo em torno do Sol, voltando para a mesma posição em que estava no momento em que você nasceu. Este momento é traduzido como uma fase de renovação da mente, de redefinição das suas prioridades no que diz respeito a objetivos e empreitadas de curto e médio prazo. Sua mente fica poderosa nesta fase, de modo que lhe parecerá mais fácil chegar a conclusões a respeito dos problemas que você tem para resolver. O aniversário de Mercúrio é uma fase em que novas idéias transbordam, nos indicando novos caminhos. Aproveite!"

sábado, 25 de setembro de 2010

O meu agora

Impulsivamente o sangue ferve

O coração palpita de raiva

As mãos suam, e tremem.

Na verdade é o transtorno gritando!

Gritando pelo que não foi,

Pelo que não mais é.

Talvez pelo que nunca deveria ter sido, ou

Por tudo que ainda pode ser.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

E pronto!

“Secamente, definitivamente, eu não fazia parte daquilo. (…) Por razões que não sei explicar; e nem precisariam tentar ser explicadas porque eram e, pior, continuam sendo completamente indiscutíveis. Eu não fazia parte, e pronto.”

Caio Fernando Abreu

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

aprontando-me!


"Ah, Coração! Se apronta pra recomeçar..."

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

sem entender muita coisa, ainda!

Depois do aniversário o inferno astral reina, é?!

Não me lembrava de ser assim..

Mas já que está sendo, vamos vivendo!

Quero mesmo é viver de olhares penetrantes,

Desses que abraçam a alma e adentram..

..em mim.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Ela que sou eu!

“Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.”

Caio Fernando Abreu

sábado, 4 de setembro de 2010

Bom Dia, Alegria!

Um bom dia com alegria

Cores que estampam um amanhecer de sol

A família, o amor.. a imensidão do(s) ser(es).

Chateação que um novo dia faz passar.

A saudade que invade ajuda a sarar!

E aqui eu fico a vagar,

Pela manhã sem pressa

Pela tarde que espera

Pela noite que virá me encontrar.